domingo, 22 de março de 2015

Leve Consciencia

Leve Consciência é uma Ideia com duplo sentido que por um lado nos remete a  Leveza e suavidade, buscando a essência das coisas mais do que a forma, valorizando o natural e espontâneo, fugindo do excesso de comunicação sem sentido e sem conteúdo e  por outro lado nos fala de Iniciativas construtivas, que buscam  despertar nos outros a consciência de si mesmas e  da interdependência de todos no contexto social.

Ao aderir a ideia "Leve Consciência",  estamos buscando a leveza e simplificação na  maneira de compreender o mundo e na forma de se  expressar e interagir com as pessoas.
 
Buscando uma linguagem simples e acessível a todos, falando com poucas mas ricas palavras, capazes de expressar e  valorizar cada vez mais a essência das coisas, agindo em conformidade com o que acreditamos  e nos tornando assim um espelho de nossas ideias.

Evitando simplesmente retransmitir o que recebemos dos outros, mas sim colocar nossa essência nas coisas que passamos adiante, encontrando e repassando os valores construtivos e positivos para que nossas ações e comunicações sejam motivadoras de iniciativas positivas.

Buscando  incentivar iniciativas que melhorem o uso dos recursos naturais e simplifiquem a vida das pessoas e da sociedade e  divulgar as boas idéias e incentivar as pessoas e a sua prática. Esse despertar da consciência  significa sair do "Piloto Automático" e viver a vida na sua essência.

Leve consciência não é apenas uma ideia para ficar na cabeça das pessoas é algo para colocar em pratica através ações inovadoras, é buscar iniciativas simples mas que ajudem as pessoas em suas dificuldades, unir esforços comuns e integra-los.


Esperamos que essa atitude possa melhorar  a forma como as pessoas entendem o mundo, e criar uma nova forma de agir e pensar, que traga mais felicidade e leveza as pessoas.

Como um Beija-Flor, despretensiosamente sugando o néctar de cada flor e ao mesmo tempo polinizando e multiplicando ideias e criando novas oportunidades para as pessoas.



6 comentários:

  1. Maravilha, João! Sintetizou bem o nosso movimento e eu assino embaixo!
    abraços,
    Silvia

    ResponderExcluir
  2. Olá João, também estou seguindo a via da leve consciência, descomplicar tudo e desamarrar a consciência dos conceitos enraizados. Buscamos tanto a segurança que ficamos pesados, prisioneiros do seguro, do aceite consensualmente.
    É um longo percurso mas a consciência se enleva aos poucos e poucos, de forma suave e sutil.
    Abraços a todos. Entregue um especial ao nosso mestre por favor.
    Rute
    (vi as fotos do seminário, obrigada)

    ResponderExcluir
  3. Rute,
    Assim como você, acredito que o mundo será melhor se conseguirmos descomplicar as coisas e experimentarmos antes de aconselharmos, retirarmos o marketing e os icones que são apenas uma forma de fugirmos do comprometimento.

    abs

    ResponderExcluir
  4. Minha querida, Rute:
    Continuamos, e estaremos sempre conectados.
    Recebi o seu abraço, agradeço-o e o retribuo com o carinho habitual.
    Este é mais um espaço experimental, criado pelos seguidores contemporâneos de Pitágoras.
    Como pensava o Mestre da Numerologia, "de que vale a teoria, se não houver a prática!".
    Aqui entre nós, estamos no limiar de uma grande evolução sócio-espiritual, e que pode resultar numa profunda transformação dos hábitos e costumes das pessoas mais próximas.
    A ideia é começar na família e entre os amigos, para depois irradiar para o trabalho, com os clientes, funcionários e autoridades da nossa rede de negócios.
    Um abraço carinhoso e apareça sempre.
    Gilberto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querido mestre,
      que bom encontrar aqui feedback seu do meu abraço especial :)
      Sem dúvida que continuamos todos conectados, praticando o nível de consciência que o grupo conseguiu alcançar. Somos uma grande árvore coletiva que dá flores polinizadoras diárias, o fruto do nosso serviço é contagiar de luminosidade, transmutar padrões karmicos que continuam aprisionando almas irmãs no sofrimento.
      Estou de momento perante uma situação dessas, tentando desmistificar o conceito ilusório que amor é dor. Que peso imenso o amor tem carregado ao longo dos séculos, tem-se feito acompanhar de tanto drama, ressentimento, incompreensão. Descarreguei tudo isso na beira da estrada, atualmente apenas levo junto ao amor o perdão e a compaixão, a compreensão do estado emocional de outrem, demonstrando gentileza por aqueles que sofrem por ignorância.
      Abraço eternamente grato por todo o aprendizado.
      Gratidão também ao João por construir a ponte.
      Rute

      Excluir
  5. Bom dia a todos!
    João Sérgio, sempre que posso e quando é permitido, exponho o prazer de tê-lo conhecido num caminho que foi entrelaçado pelos Mestres do Universo. Seu jeitinho de bom anfitrião é como uma chave que nos ajuda a conectar meios e caminhos que devido a sua simplicidade, permite-nos caminharmos juntos, embora que seus conhecimentos estejam a alguns passos dos nossos. Essa é prova do seu trabalho de compartilhar e unir os que estão a merecer uma crescente ascenção na "escada" evolutiva da Vida. Minha Gratidão!

    ResponderExcluir